A leitura no século 21


Pesquisas sobre leitura e internet têm mostrado que o leitor de mídias digitais tem menos concentração e se recorda de menos detalhes após o término da leitura. Como fazer para prender a atenção desse leitor - seja de veículos de comunicação, seja de literatura - foi uma das questões centrais da conferência A Comunicação do Impresso ao Digital, realizada na 14ª Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo, com participação dos jornalistas Roberto Dias, da Folha, Eduardo Diniz, de O Globo, Pedro Lopes, da Zero Hora, e Rinaldo Gama, editor do suplemento Sabático, do Estado.

Diniz lembrou que, quando meios como a televisão e o rádio surgiram, acreditou-se que o impresso estava perto do fim, o que não aconteceu. "O caso é que a internet trouxe um cenário bem mais radical. Tempos atrás, você passeava pela ecologia da comunicação e via árvores frondosas, os grandes jornais. A internet trouxe uma densidade gigantesca a essa floresta: é muita gente produzindo informação. Isso trouxe de fato um problema para as empresas de jornalismo, que é como se adaptar."

Coube a Rinaldo Gama fazer uma conexão entre a literatura - um dos temas centrais da Jornada de Passo Fundo -, a comunicação e a era digital. "Entre a literatura e os meios de comunicação, há uma cumplicidade de códigos que faz com que ambos andem lado a lado. Não deve ser coincidência que o termo literatura só tenha se consolidado no século 19, no momento em que o jornal passou a influenciar a literatura, não só pela divulgação de folhetins mas também no formato", disse, exemplificando com o poema Um Lance de Dados, de Stéphane Mallarmé, que "de certa forma inaugura no século 19 a literatura do século 20", e cuja inspiração é muito próxima do jornal, como constatou Marshall McLuhan.

0 comentários:

Regulamento da pré-venda da agenda-livro 366 Variações Sobre Um Mesmo Tema - Humberto Gessinger

1. Para participar da promoção, é necessário comprar o livro-agenda 366 Variações Sobre Um Mesmo Tema pelo site www.belasletras.com.br na pré-venda, que começa na segunda-feira (29/08/2011) a partir das 12h, e vai até 19/09/2011, ou enquanto durarem os estoques.

2. As pessoas que seguem a Editora no Twitter e no Facebook terão em primeira mão o link direcionado da promoção.

3. As promoções são as seguintes:

Opção 1 = compre 1 livro-agenda por R$ 39,90 e ganhe 2 calendários-pôster

Opção 2 = compre 2 livros-agenda por R$ 79,80 e ganhe 2 calendários-pôster + 1 mousepad + FRETE GRÁTIS

Opção 3 = compre 1 livro-agenda por R$ 39,90 e ganhe FRETE GRÁTIS


4. A editora pede extrema atenção para que seja informado corretamente e de forma completa o endereço. Caso você tenha digitado seu endereço errado ou todas as tentativas de entrega pelos Correios se esgotem por falta de alguém para receber a mercadoria no endereço informado, a compra só será reenviada mediante pagamento de novo frete pelo comprador, em conta bancária a ser indicada. Os brindes serão enviados juntamente com o seu pedido, seguindo os prazos de entrega estipulados pelos Correios.

5. A quantidade de itens disponíveis para a promoção de pré-venda é a seguinte: 700 calendários-pôster e 700 mousepads.

6. Os brindes não serão vendidos separadamente.

7. Todos os pedidos serão despachados a partir do dia 1º de setembro de 2011, seguindo a ordem cronológica dos pedidos.

8. Todos os pedidos comprados com promoção de frete grátis serão despachados como impressos com registro módico.

9. Caso você tenha problemas com a entrega do seu pedido, deve entrar imediatamente em contato com a editora pelas redes sociais (Twitter e Facebook) ou pelo e-mail atendimento@belasletras.com.br.

3 comentários:

Release da 366 Variações Sobre Um Mesmo Tema

Tá vendo? Já passou.... O ponteiro voltará sempre ao mesmo número, mas a hora será sempre outra. No céu, lua e sol se revezando. AM/PM/AM/PM/AM/PM... Pode até ser a mesma hora, mas de um outro dia.

Como a mão do maestro conduzindo a batuta ou o pé do repentista batendo no chão da praça, espero que esta agenda marque tempos felizes na tua vida. 2012 é ano bissexto, um compasso a mais na canção. Aproveita! Que cada uma destas 366 variações enriqueça de significados e emoção o mesmo tema de sempre, a sempre nova vida.


A PRÉ-VENDA da 366 Variações Sobre Um Mesmo Tema começa nesta segunda-feira (29/08/2011) em nosso site .

O regulamento e outras informações sobre os brindes que terão na pré-venda estará disponível amanhã, aqui pelo blog e também pelo site da Editora.


Brindes: http://twitpic.com/6apa4m - http://twitpic.com/6ap52a

6 comentários:

Livro revela infância corintiana de Kléber ao lado do pai e idolatria por Neto

O atacante Kléber teve revelada na última segunda-feira a condição de sócio da Gaviões da Fiel, torcida organizada ligada ao Corinthians. No entanto, o ídolo do Palmeiras já havia revelado sua infância corintiana em um livro biográfico publicado no ano passado.

Na obra "Kléber - O Gladiador", assinada pelo jornalista Maurício Noriega, o atacante revela que era corintiano quando criança influenciado pelo pai, seu Boni. O jogador também conta no livro que tinha o meia Neto como seu grande ídolo.

O livro sobre o palmeirense fez parte de um pacote lançado no ano passado pela editora Belas-Letras, contemplando ídolos do momento de Cruzeiro e Atlético-MG. Na oportunidade, o comentarista Maurício Noriega também assinou uma minibiografia do ex-atacante Marques. Em 2010 Kléber ainda vestia a camisa cruzeirense.

Nesta terça, o autor repercutiu a polêmica a respeito da associação de Kléber a Gaviões da Fiel, em notícia vazada justo na semana do clássico entre Corinthians e Palmeiras.

"Um pitaco sobre um dos temas do dia. Escrevi um livreto sobre o Kléber Gladiador ano passado, ele dizia que era corintiano quando garoto por causa do pai, e que seu ídolo era o Neto. Nada demais, super normal, hoje ele é um profissional. Muito barulho por pouca coisa", expressou o comentarista do Sportv através de sua conta no Twitter.


Leia mais em: Esporte UOL e Globo Esporte

Livro disponível no site Belas-Letras por R$ 7,90

0 comentários:

14ª Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo

"A 14ª Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo completa três décadas de movimentação em torno do livro e da leitura nas mais variadas linguagens e mídias. A origem da Jornada, no ano de 1981, está intimamente ligada à história da leitura no Brasil num processo de redemocratização política e de valorização da cultura, como elemento fundamental à formação crítica e cidadã dos indivíduos e, de modo geral, da própria sociedade.

A Jornada tem como tema “Leitura Entre Nós: redes, linguagens e mídias”. Na defesa da leitura para todos, propôs em sua história refletir sobre a arte em todas as suas formas, das manifestas pela oralidade popular às engendradas pelas mídias eletrônicas, das estabelecidas nas comunidades orais às distribuídas na sociedade em rede. A leitura entre nós, os envolvidos na história da Jornada, os leitores, os escritores, os artistas, as crianças, é forma de viver e de transformar a vida."

A leitura não acontece só na Jornada não. Em parceria com o projeto BookCrossing , que visa conectar as pessoas através de livros, foram distribuídos 300 exemplares (cópias de títulos nacionais) por todas as ruas e avenidas de Passo Fundo. Tudo isso para que todos turistas e moradores possam achar os livros, ler e os passar adiante, dando assim, continuidade ao projeto.


Abertura: 22/08/2011 às 19h30 - com participação de Humberto Gessinger.

0 comentários:

Belas-Letras estreia o gênero humor com ‘O Mala: Manual de Identificação e Uso’


“O Mala: Manual de Identificação e Uso”, do argentino Mario Kostzer, é um guia para identificar as espécies de chatos que você precisar se esquivar todo dia, aquelas pessoas insuportáveis que ninguém quer carregar e, por isso, oportunamente ganharam o apelido de mala. Ou seja, este é um manual de sobrevivência, com doses refinadas do mais puro humor, para dar de presente a um amigo – com boas ou más intenções – ou para consumo próprio. Este livro também permite que cada um olhe para sua própria alça e descubra que grau de "malice" já atingiu.

O livro alcançou a posição de best-seller em língua latina e chegará às livrarias no dia 29/08/2011.

Para marcar o lançamento da obra, entrará no ar de 1º a 25 de setembro, com a apresentação do humorista Eduardo Garbi (Jeiso da Rádio Atlântida), a promoção “Um mala em minha vida”.

A promoção tem como objetivo eleger o melhor vídeo de humor (de no máximo 1 minuto) desenvolvido a partir do tema que dá nome à promoção. Os vídeos deverão ser postados no canal Youtube e o link encaminhado ao blog da Editora.

O vencedor receberá uma premiação no valor de R$ 500,00 + 1 kit com algumas obras da Belas-Letras e seu vídeo será usado para a divulgação do livro “O Mala: Manual de Identificação e Uso”.


Mais informações e esclarecimento de dúvidas a partir de 1º de setembro aqui no blog e no site da Editora.


Breve estará disponível o vídeo promocional.

1 comentários:

'366 Variações Sobre Um Mesmo Tema'


Hoje à meia-noite no Abiloblog Humberto Gessinger vai explicar do que trata a "surpresinha" que aguçou a curiosidade de todos no twitter.

Toda terça-feira Humberto escreve para o blog e seus posts levam o nome de P(*)EMAS C(*)M N(*)TAS DE R(*)DAPÉ.



11 comentários:

Homenagem ao Dia do Estudante

Ser estudante não é apenas ir para aula. Ser estudante é fazer a lição de casa. É ler, ver e rever. É saber aproveitar os ensinamentos que lhe são passados. É gostar de ler, viajar na leitura e aprender. É pensar no amanhã. É despertar para um mundo melhor, e se possível, colaborar para esse mundo. É ter vontade de crescer e vencer.

Ser estudante não é só aproveitar as férias e comemorar porque tirou nota boa na avaliação. É se esforçar, reconhecer que valeu à pena aquela tarde em que podia ter assistido TV, mas foi estudar o conteúdo que precisava. É se orgulhar de virar as madrugadas olhando para a mesma folha de papel, lendo a mesma frase e ver que foi gratificante toda aquela noite mal dormida, porque a nota foi excelente e seu esforço foi recompensado.

Ser estudante é fazer seu papel de cidadão, é ajudar o colega, modificar a realidade. É conhecer novas pessoas, novas teorias, novos ensinamentos. É ter respeito, coragem e garra.

Estudante: corra atrás do seu ideal e lembre-se que um valor se constrói. Nunca abuse da bondade dos seus colegas e nem os use para chegar a lugar algum. Isso não faz parte dos seus deveres.

PARABÉNS A TODOS OS ESTUDANTES !

0 comentários:

10 bons motivos para ser um leitor voraz


1 – Ler mais = escrever melhor: Ler bastante é estar acostumado às palavras, a como um bom texto está organizado, portanto ler o faz escrever melhor também.

2 – Vocabulário amplo: A leitura nos aproxima de sinônimos e antônimos, palavras novas e antigas, muito ou pouco usadas. E isso ajuda muito no item anterior.

3 – Maior capacidade argumentativa: Ter conhecimento sobre diferentes culturas, lugares, diferentes pontos de vista, opiniões, assuntos fora do seu alcance profissional o faz ser uma pessoa mais argumentativa.

4 – Maior capacidade descritiva: Ler nos instiga a prestar atenção nos detalhes. Roupas, traços faciais, descrição de lugares, cidades, planetas… Quem lê bastante é muito mais ligado nos detalhes de um processo descritivo. Isso também influencia o item 1.

5 – Poder de síntese: Aliado a todos os itens anteriores, leitores assíduos tendem a gerar “resumos” do que leram em suas mentes, desenvolvendo uma ótima capacidade de síntese.

6 – Viajar sem sair do lugar: Muitos livros irão levá-lo a lugares que você jamais esteve e jamais estará!

7 – Relaxante: Acabar de chegar de um dia estressante do trabalho e sentar e ler alguns capítulos de seu livro de cabeceira vai desligá-lo do estresse em uma questão de minutos…

8 – Estimulante: Tem uma prova cascuda da faculdade amanhã e está de saco cheio de estudar aquele mesmo conteúdo? Leia dois capítulos de um livro que não tenha nada a ver com o assunto e retome os estudos. Vai sentir a diferença.

9 – Desenvolve a criatividade: Estar conectado a mundos, culturas, crenças, diferentes personagens e estórias só estimula o seu cérebro a ser mais criativo e adaptativo.

10 - Entretenimento acessível e barato: Se compararmos o preço de um livro e quantidade de horas que ele o mantém entretido, é muito mais em conta que comprar um DVD. Livrarias e bibliotecas têm em vários lugares e agora, até online!


Literaturan

3 comentários:

Internet desperta para o prazer de ler

A internet é capaz de despertar o interesse pela leitura?

Sim. Os jovens leem e escrevem muito na internet, abrindo um canal para a leitura de livros no papel. Infelizmente, as pessoas têm o hábito de querer substituir e não somar. Quando surgiu a TV, disseram que era o fim do rádio e do cinema. E com o passar do tempo o que vemos foi que a televisão é mais um recurso para o entretenimento das pessoas.

O jovem está lendo mais?

O jovem de hoje lê muito mais do que o jovem de décadas passadas. Ele iniciou o hábito com a internet de forma motivadora, sem imposição. No passado, a leitura era imposta de forma punitiva. Aquele que não soubesse falar sobre determinado clássico tiraria nota baixa. Ele era obrigado a ler os livros que o professor indicava, normalmente clássicos com linguagem erudita, se deparando com inúmeras palavras que não conhecia, gerando uma "repulsa" pela leitura em geral. Agora, o jovem lê toda a coleção do Harry Potter sem que ninguém precise mandar.

Muitas bibliotecas estão disponibilizando livros mais populares, como os de autoajuda. Isso é bom?

A pessoa que procura um livro de autoajuda está querendo se tornar uma pessoa melhor. E essa é a principal intenção do livro: acrescentar algo em sua vida e te levar à reflexão. Quem se torna leitor vai navegar em outros mares para formar sua opinião. Quem inicia a leitura pela autoajuda vai abrindo para outros focos à medida que se sentir motivada para isto.

Adultos podem começar a gostar de ler sem nunca terem esse incentivo desde cedo?

Sim. Acredito mesmo nisso e já presenciei vários exemplos de mulheres que, tendo os filhos criados e lhe sobrando mais tempo para fazer o que gosta, leem muito tentando recuperar o tempo perdido. O incentivo à leitura é válido para qualquer idade.

Quais são os benefícios para quem desenvolve o hábito de ler, tanto na vida pessoal quanto na vida profissional?

Nos livros o leitor enxerga lugares, pessoas, situações que muitas vezes não teria oportunidade de vivenciar no seu cotidiano. O hábito da leitura faz com que a pessoa passe a se expressar melhor tanto na linguagem oral quanto na escrita. Seu vocabulário aumenta e seu raciocínio é estimulado. O melhor é que todas estas mudanças são espontâneas.

Entrevista com Cybele Meyer, psicóloga e autora do livro 'Menina Flor'

Estadão

0 comentários: