Um pouco mais sobre Gilmar Marcílio


Ele é escritor e filósofo e publica suas crônicas em jornais desde 1998. Reside em Caxias do Sul/RS, onde também é coordenador da Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim e da Sala de Cinema Ulysses Geremia.
"A Vida Sem Manchete" é sua terceira obra, e reúne 58 crônicas escritas para jornal durante dois anos. Segundo o autor, essas crônicas flertam com o ensaio e são uma tradução com linguagem própria para as inquietações que o acompanham desde sempre: "Depois de tantos anos escrevendo crônicas, acredito que estou me familiarizando cada vez mais com uma linguagem que provoca no leitor uma identificação. Para a grande maioria de nós, a metafísica não tem grande importância. O que conta é a dor ou o êxtase que nos toca no momento", expõe o autor.
"Sinto medo de me aproximar de quem professa a religião da inflexibilidade. Dos que não se permitem amanhecer numa cama desconhecida, experimentar novos sabores, apanhar chuva depois do trabalho, dizer bobagens. Acaba-se perdendo um dos mais preciosos bens, que é a capacidade de aceitar o diferente, a liberdade de mudar de opinião, deixando que tudo se transforme em algo cinza, sem surpresas. Mas seguro, sempre seguro. É só por esse caminho que sabem andar." da crônica "Adaptar-se" - A Vida Sem Manchete.
O lançamento oficial do livro será no dia 05 de maio de 2011, na Praça de Eventos do Iguatemi Caxias/RS a partir das 20h.

0 comentários: