Um jiló que queria ser azeitona

A Belas-Letras lançará na Bienal Internacional de São Paulo o livro Como Deixei de Ser Amargo, obra de estreia da jornalista Adriana Moreira. A noite de autógrafos acontecerá no dia 21 de agosto, sábado, 16h, no estande da editora (Rua H-50).
O livro conta a hilariante história de um jiló que queria ser uma azeitona. Nessa crise de identidade, ele vive uma experiência que lembra de maneira bem-humorada as palestras de motivação e o enredo dos livros de autoajuda.
Inconformado por ser um vegetal amargo e rugoso, João Jiló se disfarça de azeitona para arrumar emprego numa pizzaria. Mas, com o novo visual, ele vai descobrir que ser uma azeitona não é algo tão encantador como imaginava. O episódio servirá para João Jiló recuperar a autoestima e despertar para a verdadeira missão da sua leguminosa existência: ajudar outros que não aceitam a si mesmos, criando um grupo de apoio para levar ao mundo a sua mensagem – você pode ser o que quiser.

0 comentários: